Friday, 22 November 2013

The Naked Tree

Passing by this tree I stop and look at it stunned. Striped out of all its leaves as if someone had taken out its clothes. All spread over on the ground underneath as proof of all she had let go of. Naked and vulnerable. But this surrender of all the unnecessary for the cold months ahead is what will make her stronger and survive until the spring comes again.

This tree frankness is a strong living example to anyone. When difficult times come if we could release all that doesn't serve us. Would make us stronger and ready to blossom when the time is right. Becoming plain and truly genuine beings.

All we need is within our very own cores.

Only if we were just as brave as the trees around us…

A Árvore Nua

Passando por essa árvore eu paro e olho para ela surpreendida. Despida de todas as suas folhas como se alguém tivesse tirado suas roupas. Todas espalhadas sobre o chão debaixo dela como prova de tudo o que ela tinha deixado para trás. Nua e vulnerável. Mas essa rendição de tudo que era desnecessário para os meses frios à frente é o que vai fazê-la mais forte e sobreviver até que a primavera chegue novamente.

Esta franqueza da árvore é um exemplo vivo e forte para qualquer um. Quando os tempos difíceis chegam se pudéssemos apenas liberar tudo o que não nos serve. Iria nos tornar mais fortes e prontos para florescer quando a hora chegasse. Tornando-nos seres simples e verdadeiramente genuínos.

Tudo o que precisamos está dentro de nós mesmos.

Se apenas fossemos tão corajosos como as árvores que nos rodeiam ...